Exemplos de fitoplâncton (a diatomácea [i]Coscinodiscus centralis[/i]) e zooplâncton (o copépode [i]Oithona similis[/i]). https://www.eoas.ubc.ca/research/phytoplankton/diatoms/centric/coscinodiscus/c_centralis.html e http://www.natureatlas.org/zooplankton/midatlantic/IDcopepod.phpExemplos de fitoplâncton (a diatomácea Coscinodiscus centralis) e zooplâncton (o copépode Oithona similis). https://www.eoas.ubc.ca/research/phytoplankton/diatoms/centric/coscinodiscus/c_centralis.html e http://www.natureatlas.org/zooplankton/midatlantic/IDcopepod.phpVocê sabe o que é plâncton? É bem simples. Todos os organismos que não possuem a capacidade de vencer as correntes marinhas são organismos planctônicos. Isto é, estão à deriva. Os organismos do plâncton são tipicamente divididos em duas categorias: fitoplâncton (organismos fotossintéticos – microalgas e diatomáceas) e zooplâncton (organismos de origem animal – pequenos crustáceos e larvas de invertebrados).