Pessoal, aqui divulgaremos o protocolo de quarentenamento de peixes da Eco-Reef, para LOJISTAS:

 

Material necessário:

Sulfato de cobre (CuSO4)

- Receita manipulada da Eco-Reef: 1000 mL de água destilada, 39 g de CuSO4 pentahidratado e 2,5 g de ácido cítrico

Formalina (formaldeído 37% em solução aquosa)

Água doce deionizada

01 recipiente com tampa

 

Etapas:

 

***Primeiro dia

- Retirar peixe do saquinho e imediatamente colocá-lo no recipiente com 1 L (para peixes de pequeno porte como um peixe-palhaço) de água salgada.

- No mesmo frasco, adicionar formaldeído em concentração final de 150 mg L-1 (0,15 mL por L se estiver usando formaldeído 36-38%). Manter por 1 hora.

- Remover o peixe e dar um banho de água deionizada (temperatura ambiente, não precisa equilibrar o pH) por 2 minutos.

- Colocar o peixe em um sistema de quarentena recirculado (com sump), contendo: bomba de recalque, skimmer, aquecedor, iluminação (qualquer tipo), reposição de água doce. Trate com o mesmo cuidado que tomaria com uma bateria de peixes normal.

- Adicionar ao sistema o sulfato de cobre (CuSO4) para que os íons cobre (Cu+2) fiquem em concentração final de 0,2 mg L-1

*Se for usar a receita da Eco-Reef, use 2,5 mL para cada 100 L de água salgada.

 

***Quarto dia

- Retire o peixe do frasco e repita o banho de formaldeído

- Devolva o peixe ao sistema de quarentena.

 

***Sétimo dia

- Repetir banho de formaldeído

- Repetir banho de água deionizada

Peixe está liberado para entrar na bateria de venda

 

Observações:

- meça o cobre diariamente (muito importante!) e reponha sempre que necessário.

- mantenha amônia total abaixo de 1 mg L-1 e nitrito abaixo de 0,05 mg L-1; fosfato e nitrato não deverão acumular neste protocolo.

- alimente bem os peixes.

- certifique-se de que há espaço confortável para todos os peixes.